Daniel Ribeiro de Almeida Circe

Foi encontrado morto por esganadura em sua residência, onde morava com a família, após o local ser invadido por assaltantes, São Vicente-SP.

 

Durante o carnaval de 2009, Maura e Orlando, pais de Daniel, foram viajar para Cachoeira Paulista (Canção Nova) para um retiro de carnaval. Daniel que também havia viajado, para o litoral norte paulista, Maresias. Na terça feira, logo de manhã, os pais receberam um telefonema da tia de Daniel, dizendo que a sua residência havia sido invadida por assaltantes, eles foram para a rodoviária da cidade de Aparecida do Norte para voltarem para São Vicente. Daniel que também foi avisado e chegou primeiro ao local.

 

Quando Daniel chegou os vizinhos que ouviram o barulho já haviam chamado a policia e a tia já havia feito o boletim de ocorrência. Foi constatado que os assaltantes não levaram nada do local, mas a porta havia sido arrombada. A tia quis ficar com ele, mas ele disse que não precisava e ela foi embora. Mais tarde os vizinhos, viram que a porta da casa estava escancarada e acharam o fato estranho, foram ao local e encontraram o corpo de Daniel estendido no chão. Não se sabe se os assaltantes foram embora e retornaram após a polícia ter ido embora ou se ficaram escondidos no local e a mesma não os achou (o mais provável ). A única coisa que foi levada foram os aparelhos de som.

 

Quando os pais de Daniel chegaram ao local, a rua estava cheia de gente e eles nem imaginaram o que havia acontecido ao seu filho único.

Até hoje não encontraram o assassino ou os assassinos.

                                                                                                   Web Design: Elizabeth Metynoski *Todos os Direitos Reservados*