Tainá Alves de Mendonça

Dia 11 de agosto de 2002, Dia dos Pais. Tudo lindo e maravilhoso. Ninguém espera que algo de muito ruim possa atravessar o nosso caminho. Este dia lindo e maravilhoso se tornou um dia tenebroso, que se pudesse riscá-lo do calendário, com certeza faria. A menina Tainá de 05 anos e 8 meses, linda e maravilhosa, cheia de charme, com sorriso cativante, alegrava o ambiente, onde quer que fosse, com todas as pessoas. Era um sol que irradia a vida, mas........infelizmente, tudo mudou. Numa briga de trânsito, a pequena Tainá foi vítima da violência, foi assassinada por Rodrigo Farrampa. Ela foi socorrida e levada ao Hospital Panamericano, mas infelizmente após 03 horas veio a falecer. O julgamento ocorreu nos dias 28 e 29/07/2004. O indivíduo foi julgado e sentenciado a cumprir a pena de 16 anos, pelo assassinato da pequenina Tainá e tentativa de homicídio a mais 02 pessoas, sendo 10 anos em regime fechado sem direito aos benefícios. Após 16 anos de reclusão, o sujeito estará livre, e a minha pequenina Tainá, estaria com 22 anos, e ela voltará ao nosso lar? Não, jamais a família poderá recebê-la, abraçá-la, ouvi-la..... Nada, jamais! Apenas viveremos com a dor e as lembranças da pequenina Tainá que não teve direito à defesa, direito à vida, foi condenada à morte. QUE PAÍS É ESTE?

                                                                                                   Web Design: Elizabeth Metynoski *Todos os Direitos Reservados*