Aconteceu no dia 18 de novembro de 2022 na Câmara Municipal de São Paulo, Viaduto Jacareí nº 100- Auditório Prestes Maia, a solenidade de posse dos Imortais da ALBSP e a Cerimônia de Premiação aos que se destacaram na literatura e na área humanitária em 2022.

Nesse ato, além, das diplomações de posses feitas pela Presidente da ALBSP Elizabeth Misciasci, houve as entregas das medalhas Renato Baptista, vice-presidente em memória e o Prêmio Miguel Rubio gente em evidência 2022, também vice-presidente em memória.

Imortais ALBSP e MEDALHA RENATO BAPTISTA

Cadeira 01 -Elizabeth Misciasci - Presidente ALBSP -

Cadeira 02- Adriano Adiala – patrono: Flor Bela Espanca

Cadeira 03 -Angela Lazzari - patrono: Rubem Alves

Cadeira 04- Aline Peruzzo – patrono: Thalita Rebouças

Cadeira 05- Almir Salvatore – patrono: Carlos Drummond de Andrade

Cadeira 06- Ana Lins – patrono: Mauricio de Souza

Cadeira 07- Darcy Reis Rossi – patrono: Carolina de Jesus

Cadeira 08- Doroty Dimolitsas -patrono Rui Barbosa

Cadeira 09- Fabiana Ballete – patrono: Joaquim Manoel de Macedo

Cadeira 10- Flávio Rodrigo Masson Carvalho – Patrono Augusto dos Anjos

Cadeira 11- Hélio Francisco Valente dos Reis (Comendador Hélio Reis) – patrono: Machado de Assis

Cadeira 12- Ingrid Caldas - patrono Cora Coralina

Cadeira 13- Ivan Ferretti Machado – patrono Campos de Queirós

Cadeira 14- Jurandir Argolo – patrono Fagundes Varela

Cadeira 15- Lineu Carlos Cunha Mattos – patrono Renato Baptista

Cadeira 16- Luciano Petricelli – Max – patrono: Mario Quintana e Charles Bukowisk

Cadeira 17- Marcia Fernandes Vilarinho Lopes - patrono: Clarice Lispector

Cadeira 18- Maria Luiza Bonini – patrono: Hilda Hilst

Cadeira 19- Milene Araújo dos Santos - patrono: Maria Clara Machado

Cadeira 20 -Naile Mamede – patrono: Fernando Pessoa

Cadeira 21- Nelson Malzoni – patrono: Castro Alves

Cadeira 22- Nina de Lima (Maria Antonina Lima Solda) – patrono: Olavo Bilac

Cadeira 23- Suzi Soares patrono: patrono: Albert Rodrigues Carvalho

Cadeira 24- Verônica Noblat – patrono: Manoel de Barros

Cadeira 25- Adailio Marrocos de Souza patrono: Guimarães Rosa

Cadeira 26- Elizabeth Metynoski – patrono: Elizabeth Misciasci (Curitiba)

Cadeira 27- Lamark Sávio de Souza Matias – Patrono Paulo Freire (Fortaleza- CE)

Cadeira 28- Lídia Maria Guerra Brito – Patrono: José Mauro de Vasconcelos

Imortais

Cadeira 29- Zezinha Lins - patrono: José Alencar (Pernambuco)

Cadeira 30- Marina Ferreira Souza de Paula Patrono: Miguel Rubio

Cadeira 31- Luiz Cadeira Mario Costa – (Mário Bross) Imortal patrono Auta de Souza (Recife)

Cadeira 32 -Sonia Porto – Imortal – patrono Maria Bethânia (Porto Alegre)

Cadeira 33- Alberto Afonso Landa Camargo Imortal patrono: José Hilario Retamozo (Rio Grande do Sul)

Cadeira 34- Claudia Montes –Imortal patrono: Cecilia Meireles (Jaboatão dos Guararapes)

Cadeira 35 -Ana Maria de Moraes Carvalho – Imortal patrono: Chico Buarque (Brasília)

Cadeira 36- Valéria Tarelho – patrono Ana Cristina Cesar

PRÊMIO HONORIS CAUSA E HUMANISTA ALBSP 2022

Laureado PADRE JÚLIO LANCELOTTI

TROFÉU ALBSP

DR ROBERTO GUASTELLI

DRA. ELIANE VENDRAMINI – MINISTÉRIO PUBLICO SP

SR VALMIR SALARO - Jornalista especial do Fantástico

DRA DELASNIEVE DASPET – Ativista social – Foi Presidente da Comissão de Direitos Humanos OAB/MS

DRA. NAILE MAMEDE - Escritora, palestrante internacional e advogada, autora do Best Seller Dos pés sujos de barro aos sapatos de solados vermelhos

HOMENAGEADOS HONORIS CAUSA

Arnaldo Marques de Azevedo Junior – Presidente do Projeto PROAMA

Betty Bechir – Presidente da Academia de Letras de Itanhaém

Darko Hunter - Diretor Técnico da Divisão de Localização Familiar e Desaparecidos da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo

Ivanise Espiridião da Silva Santos – Presidente fundadora das mães da Sé e ONG Volta para Casa

Eugenio Cantero Sanchez – Diretor do Jornal Gazeta Penhense

Leh Rodrigues – Educadora e Ativista social

Leniel Borel de Almeida – Pai e Presidente da Fundação Henry Borel

Comendadora Luciene Pimenta Torres da Silva – Presidente da ONG Mães Virtuosas do Brasil - RJ

Jovita Belfort – Mãe da Priscila Belfort e do lutador Victor Belfort e Superintendente de Enfrentamento das Pessoas Desaparecidas

Dra. Margareth Raymundo da Silva – Advogada, e presidente do Movimento Fênix de Erros Médicos

Marcelo Cantero – Jornalista, apresentador e Diretor de Redação da Gazeta Penhense

Mohamed Misciasci - Guarda metropolitana Campos do Jordão

Ogival Antonio Nogueira – Ativista social e pai de Tom Nogueira assassinado na saída de uma boate na Vila Matilde em 2013

Raimundo Santana – jornalista GVNEWS

Rodrigo Soares Santos - Psicologia clínica e forense.

Sandro José de Andrade – Ativista Social em casos de Desaparecimentos e pai do Samuel Andrade desaparecido em 2018

Thiago Misciasci Bernardoni – Ativista social e Publicitário

Vera Lúcia Ranu – Presidente interino da ONG Mães em Luta

Victor Misciasci Bernardoni – advogado e ativista Social

Vilma Lima da Silva – Ativista Social, Diretora do União e Vítimas e mãe de Marcelo Lima Silva desaparecido há 10 anos

Willian Fernando Gonçalves e Debora – Assessor do Deputado Estadual Marcio Nakashima e Ativista Social

PRÊMIO GENTE EM EVIDÊNCIA 2022 MIGUEL RUBIO

Betty Bechir – Presidente da Academia de letras de Itanhaém

Clóvis A. Marques – Fundador do portal Desaparecidos e Ativista Social

Emília Andrade – Ativista e mãe do Samuel Andrade

Fatima Vital Marques Ativista, esposa do presidente do PROAMA e mãe do Adalton Marques assassinado em 2017

Loveanne Ferdimara Dias Freire e marido – Ativista Social – Membro atuante do União de Vítimas e mãe do Willian Dias Freire Desaparecido em 2016

Ivone (Maria Bonita) – Ativista Social e esposa do Benicio Mariano desaparecido em 2014

Maria Regia Silva – Ativista Social e mãe de Victor Ruffolo desparecido em 2009

Marina Ferreira Souza de Paula – Escritora, cantora e mãe do Rogério Bispo do Nascimento desaparecido em 1982

Mauro Nazareth Marques Ativista Social

Rose Nogueira – Ativista Social e mãe do Tom Nogueira

Tulio Soares - Cantor, digital influencer e ativista social

Natália Pereira – Ativista social do Cure o Mundo

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/19

Meu sentimento é de gratidão pela grande honraria recebida, quando optamos por fazer um trabalho social, nunca é buscando reconhecimento, mas sim para ajudar quem passa por grandes provações como a perda de um filho para a violência ou tem um ente querido desaparecido. Eu sei na pele o que é perder um filho criança brutalmente assassinado, não é fácil, dizem que você esquece, mas não é verdade, você só aprende a lidar com isso tudo, tem dias bons e dias ruins, mas a lição que aprendemos é ter empatia com outros que passam pelo que passamos.
Sou muito grata pelos titulos recebidos e espero poder fazer mais o trabalho social np futuro.